site-industries-cosmetiques Uma capa da revista Industries Cosmétiques
Descubra todos os inovações em perfumaria e cosmética.
Descubra o nosso relatório especial: Salvar o povo. Desfrutar o seu acesso direto!
Se preferir a edição em papel, subscreva a nossa revista
- publicidade -

Pierre Fabre consolida a sua experiência em dermatologia através da criação de uma base de dados internacional

Para assinalar o 25.e No Congresso Mundial de Dermatologia (WCD), que se realizou em Singapura de 4 a 7 de julho, o Serviço de Relações com os Doentes Pierre Fabre apresentou o projeto ALL, um inquérito de grande envergadura, o maior jamais realizado em dermatologia.

Este projeto, lançado no final de 2022 com a ajuda da Emma, visa recolher dados sobre todos os tipos de pele (TODAS as peles), todas as doenças de pele (TODAS as dermatoses) e todos os fototipos (TODAS as cores), a fim de construir a maior base de dados privada internacional.

Cerca de 50 552 pessoas da população adulta de 20 países (representando mais de 50 % da população mundial) nos cinco continentes responderam às 65 perguntas do projeto ALL.

Os principais temas abordados relacionam-se com a prevalência e o impacto das doenças, mas também com o comportamento, as vias de tratamento e as necessidades dos doentes afectados por uma ou mais dermatoses, como a dermatite atópica, a psoríase, a acne, a rosácea ou o vitiligo (ver Anexo 1).

A força deste estudo reside na escala considerável dos dados recolhidos e na sua representatividade: os inquiridos foram retirados de amostras proporcionais à população de cada país (ver Anexo 2), permitindo uma análise altamente fiável das necessidades à escala global, por área geográfica. 

A base de dados ALL foi construída com uma análise dos resultados ao longo do tempo (análise longitudinal), durante cinco anos (2023-2027). Os 3,3 milhões de pontos de dados permitirão identificar as informações essenciais para uma melhor compreensão das experiências dos doentes.

"A criação desta base de dados, que é excecional em termos de cobertura geográfica, confirma o nosso compromisso de trabalhar com profissionais de saúde em todo o mundo para ajudar a melhorar a qualidade de vida dos doentes que sofrem de doenças de pele. Conhecer melhor as suas expectativas permitir-nos-á orientar a nossa forma de trabalhar e inovar para lhes proporcionar um apoio ainda melhor ao longo do seu percurso de cuidados dermatológicos.declarou Núria Perez Cullel, Directora Médica e de Relações com os Pacientes/Consumidores da Pierre Fabre.

Mais de uma pessoa em cada três sofre de uma doença de pele, mas as políticas de saúde e de prevenção não consideram a dermatologia como uma prioridade de saúde pública. O projeto ALL visa fornecer uma panorâmica global da prevalência das principais doenças de pele e das suas consequências, a fim de sensibilizar todas as partes interessadas. É necessário um maior apoio aos doentes que sofrem de doenças dermatológicas e é essencial conseguir convencer as autoridades públicas a dar maior importância às dermatoses nos programas de prevenção. 

Este projeto único já obteve o apoio de líderes de opinião de renome internacional: O Professor Jean Hilaire Saurat da Universidade de Genebra para a acne, o Professor Gil Yosipovitch da Universidade de Miami para o prurido, os Professores Henry LIM da Universidade de Detroit e Khaled Ezzedine, dermatologista da APH Paris, para a fotoprotecção, o Professor Julien Seneschal, dermatologista do Hospital Universitário de Bordéus para o vitiligo e a Professora Marie Aleth Richard, dermatologista da APH Marselha e antiga presidente da SFD.

Os dados do estudo ALL também serão partilhados com as associações de doentes para as ajudar a defender os seus interesses junto do público em geral, dos profissionais de saúde e das autoridades. Sete associações de doentes já foram envolvidas neste processo, tanto em França como a nível internacional.

"Para os profissionais de saúde, o projeto ALL é único. Graças à sua metodologia, permitir-nos-á descrever pela primeira vez a prevalência percebida do prurido em todo o mundo, independentemente da etnia, sexo, idade ou região dos pacientes", afirmou o Professor Gil Yosipovitch, Diretor do Miami Itch Center (Dr. Phillip Frost Dept. of Dermatology, Miller School of Medicine, Miami USA).

Apêndice 1:
Lista dos temas estudados

Acne, psoríase, rosácea, eczema, lentigo, cancros da pele, vitiligo, doenças do cabelo e das unhas, feridas/cicatrização, dor e prurido, procedimentos cosméticos, doenças da boca, proteção solar. 

Apêndice 2:
Dimensão das amostras por país
5000 pessoas na China; 5000 pessoas nos Estados Unidos; 4001 pessoas no Brasil; 4001 pessoas em Itália; 4000 pessoas em França; 4000 pessoas na Alemanha; 4000 pessoas em Espanha; 3000 pessoas na Índia; 2500 pessoas no Canadá; 2500 pessoas no México; 2500 pessoas na Polónia; 2500 pessoas na Coreia do Sul; 2000 pessoas na Austrália; 1000 pessoas na Dinamarca; 1000 pessoas em Israel; 1000 pessoas em Portugal; 1000 pessoas na África do Sul; 750 pessoas nos Emirados Árabes Unidos; 500 pessoas no Quénia; 300 pessoas no Senegal.

Recursos externos
https://www.pierre-fabre.com

Conteúdo patrocinado

site-industries-cosmetiques Um anúncio vibrante da Croda Beauty que apresenta um grande plano de flores cor de laranja com um efeito de fundo desfocado e o texto "Croda Beauty, ciência inteligente para melhorar a vida" inclui agora Phytess

Phytessence™ Osmanthus, o primeiro extrato botânico de geo-skincare da Croda Beauty

Descubra como este ingrediente natural inovador ajuda a pele a enfrentar melhor as alterações climáticas, nomeadamente os efeitos nocivos dos raios solares e do calor.
site-industries-cosmetiques Um indivíduo concentrado, com uma bata de laboratório, examina um pequeno frasco que contém uma substância cor-de-rosa, uma inovação cosmética pioneira que utiliza ingredientes naturais na Bretanha.

A inovação cosmética é natural na Bretanha

No noroeste de França, a Bretanha sempre foi uma região virada para o mar, com os seus 2.730 km de costa - a mais longa do país.

Artigos relacionados

A nossa última edição

Ouçam-nos!

Boletim informativo

pt_PTPortuguês